quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

A sua ansiedade talvez tenha uma explicação


Por quanto tempo ficamos pensando nas pessoas que perdemos com o tempo, com as mudanças que a vida faz, pelas consequências inevitáveis, pelo próprio tempo que nos tira elas...
Por quanto tempo ficamos pensando no que já passou e foi bom, no que já passou e foi ruim, ou no que nem passou porque nem aconteceu. MAS... MAS... MAS IMAGINA SE TIVESSE ACONTECIDO? Imagina se um dia acontecer?
Por que perdemos tanto tempo de nossas vidas perdendo tempo? Afinal... QUE BAITA PERDA DE TEMPO PENSAR NO PASSADO QUE NEM EXISTIU, FICAMOS IDEALIZANDO ELE O TEMPO TODO E MUDANDO ELE CONFORME SENTIMOS COISAS QUE ELE NOS ESTIMULA A SENTIR. QUE BAITA PERDA DE TEMPO PENSAR NO FUTURO porque ele sim, de fato, nunca aconteceu.
Precisamos viver o agora. Prestar atenção na nossa respiração, corpo, mente, espírito, braços, pernas, pés. Cada órgão, cada parte de nós. As vezes nos esquecemos do tamanho do nosso corpo e do tamanho da nossa capacidade de nos reinventarmos, de sermos melhores do que fomos ontem. Vamos viver o agora, o presente. O presente sim é uma dádiva e merece ser questionado, vivido, analisado. O presente é um presente. E precisamos entender isso.
A nossa ansiedade nos prende, nos deixa paranóicos, acabamos enlouquecendo com coisas que imaginamos, ficamos nos torturando com lembranças e possíveis acontecimentos futuros, que ainda são incertos. Por que ficamos nos torturando com tantas incertezas e dúvidas? Nem sempre teremos todas as respostas, nem sempre é bom ficar questionando tudo.
Já experimentou A C E I T A R?
A C E I T A R a vida como ela é. Sem perguntas.
Pare de ser tão cruel com você mesma. Aceite os seus erros, seus acertos, seu ciclo de amigos, seus sentimentos, seus momentos de fúria, seus momentos fofos, sua família, seus amores, suas lembranças, suas conquistas. Aceite cada parte de si e cada parte da sua vida.
Seja forte. Todo mundo está perdido.
Seja mais gentil com você mesma.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

AULAS DE INGLÊS POR WHATS APP


Olá leitores.
Vou começar a dar aulas de inglês por WHATS APP, isso mesmo! Sem hora marcada, toda vez que você tiver algum tempo para conversar, qualquer brecha no seu dia, podemos conversar por áudio/mensagem de texto e praticar o inglês.
Vou corrigir os erros de gramática e pronúncia, e assim iremos aprendendo inglês de uma maneira "informal" e muito mais divertida. Podemos conversar sobre diversos assuntos, como vocabulário, inglês, a minha experiência nos Estados Unidos (Los Angeles/California), intercâmbio, astrologia (gosto muito), teatro (faço um curso de teatro), artes, ou qualquer outro tipo de assunto que você tenha interesse e que facilite o desenvolvimento de um diálogo bom e interessante.
Acredito que assim, o inglês irá fixar mais rápido e você estará apto(a) para se comunicar com nativos mais rapidamente e de forma mais natural, treinando o inglês ao longo do dia, e todos os dias é uma ótima forma de fixar ainda mais o idioma na sua mente e ter ele como sua segunda língua.

Meu nome é Mariane Dutra, cresci estudando em uma escola bilingue em São Paulo, no ensino médio fui para os Estados Unidos onde cursei o segundo ano durante 6 meses, hospedada numa casa de americanos. Terminei o ensino médio ano passado e no meu tempo livre quero praticar o meu inglês, e achei que a melhor forma seria, ajudando outras pessoas com aulas.

Todos os dias irei mandar via whats app algumas dicas de expressões em inglês, vocabulário e gramática. Podemos combinar um assunto do seu interesse para conversarmos, e ajudarei com o vocabulário específico do assunto.
Está interessado(a)? Mande um e-mail: mariane99@ig.com.br
O preço é bem acessível R$60,00 por mês. Podemos combinar uma forma de pagamento. Mande um e-mail.

Igualdade é para todos



A orientação sexual de alguém não deveria ser uma questão.
A orientação sexual de um indivíduo só diz respeito a ele, e é assim que tem que ser. A homofobia é um problema sério que precisa ser combatido, não é justo alguém sofrer qualquer tipo de violência seja ela psicológica ou física por algo que elx não escolheu.
Ninguém escolheu ser heterossexual, assim como ninguém escolheu ser homossexual. É difícil compreender que somos todos iguais, e não há diferença, porque ainda insistem em dizer que é “opção sexual” ser gay ou lésbica, mas nunca abordam a heterossexualidade como uma escolha, e sim como algo normal. Heteronormatividade.
O normal é respeitar uns aos outros. A homofobia precisa ser discutida. O governo deveria investir em campanhas para conscientizar a população da importância do respeito mútuo e de como a sexualidade alheia não interfere na vida dos demais.
Discutir a homofobia é uma boa maneira para ela ser combatida, além de serem criadas leis que protegem a população LGBT. Criminalizar a homofobia por exemplo.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

VÍDEO NOVO: Morando na Suíça aos 14 anos


Para quem ainda não conhece, e é novo no blog e no canal do youtube, vou começar esse post me apresentando.
Meu nome é Mariane Dutra, tenho 17 anos, comecei o blog em 2010, o foco principal eram notícias sobre famosos, com o tempo fui amadurecendo as minhas ideias, e crescendo, resolvi mudar o nome do blog para "Garota Etc", percebi que não era mais um foco escrever sobre os famosos, comecei a escrever outras coisas, e a maioria dos assuntos são femininos, então achei uma boa ideia colocar o "Garota" e o "Etc" no mesmo título.
Eu escrevo sobre TUDO ou quase tudo, escrevo sobre astrologia, espiritualidade, assuntos sociais, desigualdade, racismo, textos motivacionais, viagens, intercâmbio, dicas e ETC... Ao longo dos anos (já são 7 anos) abordo vários temas diferentes. E em 2015 eu fiz uma viagem para Los Angeles, na California, fiz intercâmbio e fiquei morando lá por 6 meses, fui sozinha, para estudar o segundo ano do ensino médio, fiquei hospedada em casa de família, conheci muitos americanos e pessoas de várias outras nacionalidades. Junto com a minha viagem eu comecei um canal no youtube, um diário de intercâmbio onde eu basicamente contava tudo nos vídeos para ajudar outras pessoas e mostrar os vídeos para os meus pais/amigos e também rever eles depois para matar a saudade...
Ajudei muitas pessoas com os vídeos e até hoje recebo muitas mensagens de pessoas me procurando para tirar dúvidas sobre intercâmbio, muitos futuros intercambistas inclusive que irão estudar na mesma escola que eu estudei na California, o vídeo mais visualizado tem quase 50 mil visualizações...
Parei de gravar quando eu voltei para o Brasil, mas ainda recebo muitos comentários de pessoas querendo mais vídeos, esse ano, 2017, resolvi voltar com a rotina dos vídeos já que eu acabei o ensino médio e vou ter mais tempo. O primeiro passo que eu dei, foi ter gravado um vídeo sobre as diferenças entre o ensino médio brasileiro e o americano:


No vídeo eu conto sobre como foi a minha experiência estudando em uma escola americana... Vivendo um sonho americano (tipo filme).
E o segundo passo que eu dei, foi ter gravado um SEGUNDO VÍDEO, e nesse vídeo, não é só eu. Convidei uma amiga, uma participação mais que especial da Alicia Gouveia, minha amiga de muitos anos, que ganhou uma bolsa de estudos que era uma oportunidade única de estudar fora na Suíça, ela ganhou a bolsa de estudos através do Ballet, sua grande paixão, e morou na Europa durante 3 anos, seguindo os seus sonhos e dançando muito. Eu e ela tínhamos um canal no youtube quando éramos crianças, chamado "Clique Blush", fazíamos vídeos de maquiagem, deu certo enquanto durou, mas, acabou.
Cada um foi pra um lado, mas a amizade sempre permaneceu. Nesse vídeo ela conta sobre como foi a sua experiência no exterior, é uma entrevista. Eu perguntei o básico, e claro, fiz algumas perguntinhas polêmicas, para ela ter a oportunidade de expor que a experiência lá fora nunca é perfeita, nunca é mil maravilhas, todo mundo passa por dificuldades, seja no Brasil ou na Europa, desafios sempre existem, mas eles vem para o bem, para nos ensinar a sermos mais fortes, lidarmos melhor com as situações da vida e melhorarmos como indivíduos.





O vídeo é esse:

Eu espero que vocês gostem do vídeo, comentem, e quem tem conta no youtube não esquece de dar LIKE e se INSCREVER para receber notificações dos futuros vídeos. Comentem sugestões também para os próximos vídeos.
Obrigada!!!

sábado, 28 de janeiro de 2017

Entrevista com Alicia Gouveia


Olá, fiz uma entrevista com a minha amiga, Alicia que morou na Suíça por 3 anos, no vídeo ela conta sobre a experiência dela na Europa, algumas histórias, micos...

Ela ganhou uma bolsa de estudos para estudar/dançar Ballet na Suíça, assista o vídeo: