quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Entrevista traduzida que Miley Cyrus concedeu a revista Mizz Magazine


Olá leitores, nós do blog Garota Etc, iremos mostrar para vocês a entrevista que Miley concedeu a Mizz Magazine, na entrevista ela se abre e conversa sobre vários assuntos, do seu corte de cabelo até cartas de correio.
A cantora, atriz e compositora, Miley Cyrus confessou que o seu desejo proibido são doces, e que ela está tentando parar com isso, também revelou qual foi a carta mais estranha que recebeu, e porque até agora não pudemos ouvir um de seus novos singles.

Veja só a entrevista completa:

 - Seu novo cabelo loiro platinado causou um efeito sensacional – você esperava que isso tivesse uma reação tão forte?
Eu sabia que haveriam  fortes reações, porque desde o começos dos tempos, toda mulher considerada gostosa tinha o cabelo longo. E eu não concordo isso porque se alguém tem a ousadia de cortar seu cabelo, isso automaticamente mostra que ela não é tímida, ela tem um senso de quem ela é. Além disso, eu sinto que as pessoas podem olhar pra mim e me conhecer melhor e ter uma noção de quem eu sou, mais do que quando eu tinha o cabelo comprido. Eu não representava quem eu era de jeito nenhum. Eu usava um coque todo dia porque eu não sabia mais o que fazer com ele. E então parecia que eu não me importava comigo mesma ou dei um tempo em como eu queria parecer.”
- Como o seu noivo reagiu?
Liam [Hemsworth] tem sido o melhor, porque você escuta a sua vida toda sobre como mulheres devem ter o cabelo comprido e glorioso. E todo filme que você vê onde tem a garota gostosa dos sonhos, ela tem o cabelo comprido. Talvez seja a velha Hollywood, talvez seja isso. Mas agora é um visual tão diferente e tão melhor para ver o rosto de alguém. E tem que ter coragem para fazer isso. Não é assustador, mas é definitivamente uma adrenalina quando eles estão colocando a tesoura no cabelo. Leva um bom tempo para crescer de novo. Eu acho que é essa a parte assustadora – crescer de novo, não quando eles cortam. O meu talvez nunca volte!
- Você está focando na sua música no momento?
Meu próximo álbum está praticamente pronto – só estamos tentando achar um single. Eu quero que meu single seja o que irá representar todo o álbum, não apenas ser umm hit por duas semanas. Eu realmente quero que seja algo que eu possa me orgulhar.

- Conte-nos sobre o vídeo que você fez para Decisions, sua música com Borgore: Você está beijando Liam que está vestido de unicórnio!
Ele não queria só estar em uma festa no vídeo. Então eu disse “usa uma fantasia! Seja um unicórnio e me beije”. É muito estranho beijar um unicórnio. Minha língua só estava entrando em um unicórnio de plástico toda noite! Nós não tivemos nenhum extras, todas as pessoas no clube eram nossos amigos e trabalharam por uma cerveja, uma pizza e um bolo! Foi como uma festa.
- É legal ter uma base de fãs internacionais?
É sim, porque eu sinto que pessoas que estão na Europa sabem quem eu sou e que eu não sou apenas uma americana típica, que deixa tudo escondido. Meu lugar favorito para me apresentar é Londres. Eu posso ser quem sou e a moda é mais parecida com quem sou. E os ingleses entenderam meu novo estilo de cabelo antes de qualquer um!
- Qual foi o primeiro álbum que comprar e quem são seus ídolos?
Eu fui e comprei os CDs mais aleatórios. Pela primeira vez, eu fui com a minha irmã mais velha e meu irmão mais velho. Eu comprei Britney Spears com a minha irmã, porque isso era legal para ela. E eu estava tão feliz por ir com meu irmão comprar um álbum do Blink 182 com um adesivo de censura. Eu pensei que eu era tão legal indo para a escola com um álbum explícito.
- É certo dizer que você sabia quando era mais nova que seguia seu próprio caminho?
Sim, minha mãe diz que ela me ouvia falando comigo mesma no quarto. E eu não estava falando comigo mesma, eu estava escrevendo músicas. Mas ela achou que eu era estranha! Mas eu só estava escrevendo poesia ou algo assim. Eu sabia que era diferente.”
- Qual a coisa mais ridícula que você já ouviu sobre si mesma?
Eu morro toda semana! Eu acordo e minha mãe está tipo “estou tão cansada disso!” Isso realmente assusta minha mãe quando as pessoas mandam mensagem para ela e não colocam em um contexto o que leem. Eles só dizem “A Miley está bem? Nós lemos bla bla bla…” E ai ela fica nervosa. Quando eu tinha 15 anos, eu fiquei grávida umas 8 vezes. Eu devo ter 27 filhos agora por toda a história que contam por ai. Ou estou grávida ou morta toda semana ou estou terminando com meu namorado, o que é estranho.
- Você tem algum prazer proibido?
Doces! E eu comecei a assistir todos esses documentários sobre alimentos saudáveis, então estou tentando me livrar deles. Há agora um mix de Kit Kat e Reese [manteiga de amendoim doce] que faz tão mal para você mas eu não consigo parar de comê-los. Liam também tem um vício por doces, então isso não ajuda.
- Qual foi a carta do correio mais estranha que você já recebeu?
Eu recebi uma carta realmente estranha outro dia. Foi entregue na minha casa. Eu fico realmente animada quando eu recebo uma carta, então eu corri, gritando: ‘recebi uma carta!”. E era de alguém que eu não conhecia, e me enviou fotos minhas, dizendo: “Nós achamos que você está tão bonita nestas fotos, que você pode querer tê-las”. Eles não queriam que eu respondesse ou coisa assim, eles só queriam me dar fotos minhas. Eu fiquei tipo ‘Eu tenho muitas!’ Foi a coisa mais estranha de todas. E então eles me mandaram uma foto do meu cachorro e disseram: ‘Não parece com o seu cachorro, Ziggy?’ Eu sei com o que o meu cachorro parece! Tão estranho.
- Gravar So Undercover, que é sobre uma jovem detetive particular que passa a viver em uma irmandade, deixou você com algum arrependimento por não ter ido à faculdade?
Eu definitivamente estou feliz que eu nunca estive em uma irmandade, porque é muita energia e um monte de meninas juntas. As garotas do filme são realmente meninas de uma irmandade. Portanto, aquela era uma legítima irmandade louca de New Orleans! Foi realmente muito divertido, porque mesmo eu estando lá, eu não tinha que viver lá, eu podia voltar para o meu quarto e fazer as minhas coisas. É isso o que eu não conseguiria lidar, não ter o meu próprio espaço, porque as beliches são todas  juntas. E poder sair e ter aquela sensação de família? Eu gostaria de ter tido isso. Ou alguma companheira de quarto, mas eu não acho isso iria acabar bem. Eu estaria atirando coisas!
- Você efetivamente interpreta duas personagens – a detetive, Molly, e Brook, a menina da irmandade que ela se torna para o trabalho secreto. Com qual delas você  se identifica mais?
Definitivamente, Molly, porque o modo como ela foi reagiu era o mesmo modo como eu me sentia sobre irmandades antes de começar a fazer o filme. Eu pensei que era um bando de garotas correndo e rindo, e isso soava como um pesadelo. Mas eu descobri o quão inteligente essas meninas realmente são. E vínculo que elas têm. Nós perguntamos a elas qual era a coisa menos favorita delas sobre filmes que falam de irmandades e elas disseram: “Nós não somos estúpidas, nós todas estamos na faculdade!” Então, nós tentamos mostrar o coração da relação daquelas meninas. “
Comentários
0 Comentários

0 3 comentários:

Postar um comentário

O blog Garota Etc é um blog que produz conteúdos originais de diferentes temas. Espiritualidade, astrologia, viagens e etc.
Aqui você terá acesso a fotos e notícias. Textos sobre a sociedade e o mundo em que vivemos. Criticas sociais e entretenimento.
Acesse o blog e fique por dentro das novidades.
Comente e divirta-se.