domingo, 3 de novembro de 2013

RESUMÃO: Resenha do livro 'A Ilha No Espaço'


Olá leitores do blog. 
Bom, hoje, acabei de terminar de ler o livro "A Ilha no Espaço" de Osmar Lins. Este livro é bem curto e tem uma história bem interessante, intrigante, é um livro de mistério. Cujo o mistério só será revelado no final do livro.

Porém, nesse post irei escrever um resumão, do livro, e vou contar a história toda, em detalhes, inclusive o desfecho da história. Este post é como se fosse um guia para as pessoas que assim como eu, tiveram ou terão prova deste livro.
Vou começar, definindo o título do livro, esta definição aparece no prefácio do livro, mas, eu acrescentei e detalhei mais ainda esta definição para que fique mais fácil de você entender o título que é metafórico. Aliás, só no final da história que você vai realmente entender a definição do título.

A ilha no espaço- Título metafórico que diz as coisas de maneira indireta por comparação. A ilha no caso seria o apartamento do 18º andar, ocupado pelo único morador (Cláudio Arantes Marinho) do vasto Edifício Capibaribe (Espaço). Seu apartamento, no caso, seria o único com a luz acesa, como se fosse a única estrela que brilhava no espaço (Edifício Capibaribe).

Para começar, é importante destacar alguns personagens:
Cláudio Arantes Marinho - Protagonista do livro, personagem principal, ao decorrer da história ele vai ser nomeado como apenas Arantes, bancário, casado, 41 anos, morador do Edifício Capibaribe no 18º andar, 2 filhas (a mais velha '16 anos').
Guimarães - Amigo de Cláudio
Dionísia - Esposa de Arantes
Cláudio e sua família moravam em uma casa, porém a sua esposa e suas filhas tinham o desejo de se mudar para um apartamento luxuoso e que lhe custaria ''os olhos da cara''. Embora, o preço seja alto, Cláudio fez a vontade das filhas e da esposa e se endividou para comprar o famoso apartamento no Edifício Capibaribe. Mas, comprar o apartamento, foi um sacrifício à toa, o qual Cláudio não recebeu nenhuma recompensa, muito pelo contrário, ele ficou muito angustiado. Pois, com o passar dos meses, muitos moradores começaram a morrer, e todas as mortes eram inexplicáveis, em menos de 3 meses 5 moradores já tinham morrido. Foi um horror.
A filha mais velha, 16 anos, de Arantes, resolve sair de casa por decorrência de todas as mortes misteriosas que estão acontecendo no Edifício. Ela então vai morar junto com um amiga e leva a irmã para morar junto com ela. Então, no apartamento fica apenas, Cláudio e sua mulher, Dionísia, que apesar de ser sua esposa, o-trata de forma indiferente.
Mais tarde, quem sai do apartamento é a esposa de Cláudio, que antes de partir escreve um bilhete avisando que iria para a casa dos pais, e que se Cláudio quisesse sair do apartamento ele poderia ir para a casa dos pais da esposa. Porém, Arantes não saiu do apartamento, e por lá permaneceu até que fosse o último morador.
E então, preocupados com a reputação do prédio, os donos do Edifício Capibaribe foram falar com o único morador que restou,Cláudio. Os donos lhe fizeram um apelo, para que ele não saísse do apartamento, para que assim ele sirva de exemplo para todos que passarem pela rua e virem lá em cima uma luz acesa no décimo oitavo andar. Os donos do Edifício lhe propuseram uma oferta, séria, que teria até contrato, que se Arantes permanecesse no apartamento eles lhe ofereceriam o apartamento gratuitamente, e toda a assistência possível, inclusive limpeza, porque a essa altura do campeonato o apartamento já estava cheirando a mofo, pois todos os apartamentos estavam vazios e empesteados e de ratazanas e baratas.
Arantes por fim, não ficou quieto e pediu para se mudar para um andar mais baixo, mas os donos negaram essa possibilidade, pois Arantes teria que servir de exemplo e que se ele mudasse para um andar mais baixo, as pessoas que passavam pela rua não iriam ver a única luz acesa do Edifício de 20 andares.
Em meio de tanta solidão, sem filhas, sem esposa, o seu único passatempo era ler revistas, revistas que ele sempre comprava em uma banca que tinha uma moça muito bonita que as vendia para ele, uma moça que ele nunca tinha visto as pernas e nem os quadris dela, pois ela sempre estava atrás do balcão, em um dia desses que ele foi comprar a revista, ele convidou a moça do balcão para assistir um filme, ela não quis, então ele convidou-a para ir até o apartamento dele, ela aceitou, mas quando ele mostrou para ela onde ele morava com um gesto, ela desistiu, e saiu correndo, fugiu, pois todos já sabiam das mortes que estavam acontecendo no Edifício onde Arantes mora. 
Ainda solitário, Arantes resolveu comprar um pássaro, no qual lhe faria companhia, e foi com ele, com o pássaro que ele conversou durante alguns dias, porém, a surpresa veio logo em seguida, ao acordar, Arantes notou que o pássaro estava morto na gaiola. Foi aí, que ele se desesperou e resolveu ir embora e planejar a sua fuga, no mesmo dia, Cláudio saiu e foi comprar uma corda, a corda, com que ele penduraria no apartamento e iria descer por ela, até respirar o ar da liberdade. Dito e feito, Cláudio finalmente foi embora do apartamento, e sentiu o ar da liberdade, finalmente ele estava livre, daí pra frente, era novo Cláudio, nova vida, novos amores e novo emprego.
Cláudio se tornou fotógrafo, e não demorou muito para que o Edifício Capibaribe voltasse a ser ocupado, um novo proprietário comprou o Edifício a preço de banana, muitos dizem que foi ele quem matou todos os moradores para desvalorizar o imóvel e assim fazer um bom negócio. Logo, o novo proprietário do Edifício que foi palco de muitas mortes, confessou o que muitos já suspeitavam, foi ele quem matou... Mas, como?
Isso você só vai saber se você ler o livro!!! 
COMPRE O LIVRO ATRAVÉS DESTES SITES DE COMPRAS ONLINE:
Comentários
0 Comentários

0 3 comentários:

Postar um comentário

O blog Garota Etc é um blog que produz conteúdos originais de diferentes temas. Espiritualidade, astrologia, viagens e etc.
Aqui você terá acesso a fotos e notícias. Textos sobre a sociedade e o mundo em que vivemos. Criticas sociais e entretenimento.
Acesse o blog e fique por dentro das novidades.
Comente e divirta-se.