domingo, 21 de fevereiro de 2016

O que os tímidos sentem e pensam?


Ser timido é ser incompreendido, é ser medroso, é se sentir exposto e em perigo o tempo todo. É como se você tivesse algo para esconder e não quisesse que ninguém soubesse, e parece que todos vão saber ao olhar nos seus olhos, ou conversar com você. É estranho e não é bom.
Se socializar é um desafio. Fazer amizades nunca foi tão difícil. Temos vontades, e sonhos, mas o medo nos impede de seguir em frente e "botar a cara no sol".
Aprender a lidar com isso é uma das tarefas mais difíceis. Querer esconder tudo de você, cada pedaço, cada parte interna e externa. A gente quer se esconder, viver numa bolha, não dar satisfações, sermos nós mesmos para nós mesmos. Como seria bom poder se expressar sem medo do que vem depois.
Nunca foi tão difícil expor os sentimentos. E por que é tão difícil ser simplesmente nós mesmos?
Não tem como fugir das pessoas e do mundo todo, quando estamos nele e não há como sair. Lidar com a timidez não é algo que só você ou eu precisamos enfrentar, é preciso ter coragem e noção de que existem milhões de pessoas com esse mesmo problema, você não está sozinho, e por mais que se sinta, eu acredito que você pode mudar isso.
A timidez é um bloqueio horrível dos qual temos que supera-lo. Algo tão interno e que simplesmente nos causa tantos sentimentos e sensações ruins, o medo da exposição nos impede de fazer aquilo que mais queremos, mais amamos, mais temos vontade de fazer. O quão ruim é ser impedido de realizar um sonho por um sentimento interno?
É complicado ser timido, é como se você estivesse sendo colocado a frente de desafios o tempo todo e como se todos a sua volta estivessem te colocando em perigo o tempo todo.
Ser timido é ter medo. Eu sou. Eu tenho medo. Eu me sinto mal só de pensar que vou ter que mostrar, socializar-me.
Como timida, eu entendo que a timidez é um conjunto de medos. Medo de ser julgado, de ser constrangido, de ser descoberto, de ter que se mostrar... Aquela sensação de que somos a pior pessoa do mundo e que ninguém merece nos conhecer. Aquela sensação de querer proteger o mundo de nós mesmos e proteger nós mesmos do mundo. 
O mundo é cruel, as pessoas são cruéis. E eu? Eu sou, mais alguém que não quer ter que lidar com a crueldade do mundo e das pessoas. Talvez eu seja tão cruel quanto todos eles, e acredito que eles não mereçam conhecer nenhum dos meus lados, nem o cruel e nem o bom. O bom é porque eu acredito que ele não exista e talvez pareça um pouco ridículo aos olhos alheios, o cruel é simplesmente por ser ruim, e eu já sou ruim demais para ter que demonstrar mais ainda o quanto posso ser ruim. Evitar que ninguém goste de mim.
Evitar que gostem de mim quando deveriam não gostar. Eu mereço mesmo tudo isso?
E agora eu vou te ensinar, tímido a parar de ser tão paranoico e introspectivo. Pensar demais é ruim, e cabeça vazia... Vocês sabem.
Você não é o único. Você não está sozinho. Você não é uma pessoa super boa ou super ruim e que todos querem conhecer, você é só mais um mero mortal. Não se sinta inferior. Você não é pior que ninguém.


Entenda que, todos os seres humanos são movidos a sentimentos. Nós sentimos frio, calor, amor, tristeza, raiva, rancor, alegria, felicidade... Sentimos tanta coisa. Uns sentem mais que outros, mas o que importa é que todos sentem. Querendo ou não, todos temos que passar por isso.
Todos vamos errar, todos já erramos um dia. Sentir vergonha de quem você foi ou de quem você é, não é saudável. Você é o que você já foi, você é um conjunto das suas lembranças, dos seus sonhos, dos seus pensamentos, dos seus amigos, dos lugares que você já foi, da sua família. Você não é alguém sozinho. Você é um todo. Uma mistura de sentimentos, pessoas e lugares.
Você não precisa se criticar tanto. Você está bem longe de ser a pior/melhor pessoa do mundo, todos somos meros mortais que cometem erros e acertos. Aceite-se.
Aceite-se. Entenda que você MERECE tudo o que acontece com você. Você merece as alegrias que a vida te dá, os amigos bons que entram na sua vida, você merece. Não se isole. Assim como todos os meros mortais, você tem algo bom dentro de si e as coisas boas a gente não esconde.
Seja verdadeiro com o que sente e pensa. Seja verdadeiro com a sua personalidade e com os seus sonhos. Você merece ser feliz. Nada de ruim vai acontecer com você, acredite em mim.
Não sei se todos os tímidos tem os mesmos medos que eu, e pensam da mesma forma, mas com certeza, todos tem medo de se expor. Nem todos podem ser considerados críticos, melancólicos ou preocupados. Tem muito tímido divertido e alegre, mas que esconde esse lado e só mostra para os conhecidos e quando se sente confortável.
Existem tímidos de vários tipos e formas, magros e gordos, feios e bonitos, alegres e tristes, loiros e morenos, mulheres e homens. Qualquer um pode ser tímido. Esse texto foi um reflexo de mim mesma (autora deste blog, Garota Etc), foi mais do que um texto, foi um desabafo, de como eu me sinto sendo tímida.
Não sei se todos vão se encaixar, mas saiba, que você não é o único (a), e que estamos juntos (as) nessa.
Vamos ser felizes e aceitar os nossos sentimentos, se estamos sentindo que é hora de ficar quieto, vamos ficar, e se estivermos sentindo muita vontade de GRITAR E CHORAR, vamos nos permitir. O importante é ser verdadeiro com o que sentimos. E não nos sentir culpados de não ter sido o que os outros imaginaram que nós éramos. Não precisamos corresponder as expectativas de ninguém, temos que ser apenas nós mesmos, por mais difícil que isso seja.
Não somos responsáveis pelas expectativas que outros criaram sobre nós. Somos o que somos, e quem precisa nos aceitar, é nós mesmos.
Comentários
1 Comentários

1 3 comentários:

Amanda Paz Vieira disse...

Oláaa! To aqui pra te avisar que te indiquei no Prêmio Dardos! Se quiser dar uma olhadinha: http://quebrarosilencio.blogspot.com/2016/03/premio-dardos-bloggers.html

Postar um comentário

O blog Garota Etc é um blog que produz conteúdos originais de diferentes temas. Espiritualidade, astrologia, viagens e etc.
Aqui você terá acesso a fotos e notícias. Textos sobre a sociedade e o mundo em que vivemos. Criticas sociais e entretenimento.
Acesse o blog e fique por dentro das novidades.
Comente e divirta-se.