sábado, 28 de maio de 2016

Não consigo defender o Johnny Depp


Recentemente estão acontecendo várias polêmicas na internet e no mundo. Muitas notícias ruins, tudo começou, eu acho... Bom, acho que o grande caso o primeiro grande caso deste ano de 2016 foi o caso do ex-bbb Laércio, a briga que ele teve com a participante Ana Paula Renault, até fizemos um post aqui no blog que fez o maior sucesso "PRECISAMOS FALAR SOBRE ANA PAULA".

O caso envolvia pedofilia, Ana Paula fazia graves acusações, foi chamada de louca, estética, que queria fama em cima de um reality show e toda aquela confusão foi por atenção, outros insistem em afirmar que ela estava bêbada e por isso disse tantas besteiras... Acontece que, recentemente, o Laércio foi preso, uma menina acusou ele de pedofilia, e disse que teve um caso com ele aos 13 anos e que ele embebedou ela.

Muitos calaram-se. Aqueles que defenderam tanto Laércio pediram desculpas, nem todos. Outro caso recente foi o da apresentadora de TV, Ana Hickmann, feita de refém por um "fã", que acabou sendo morto pelo seu cunhado, depois a notícia da vez que comoveu o Brasil todo e ganhou manchete em sites internacionais, foi o caso da adolescente estuprada por mais de 30 homens em uma favela do Rio de Janeiro... E agora, o Johnny Depp.



QUANTA NOTÍCIA RUIM. E sabe qual a semelhança entre os casos citados? As vítimas são as mulheres e os agressores são homens.

Amber, ex-esposa de Johnny Depp está acusando o ator de violência doméstica, ela apareceu com o rosto todo machucado, e ainda tem gente defendendo o ator. Por que vocês se comovem tanto com casos anônimos, e quando alguém fala sobre um ator predileto de vocês, os quais vocês sempre sentiram grande admiração, o resultado é outro? Tem muita gente defendendo e afirmando que é mentira.






A culpa sempre é da vítima, e a indignação SELETIVA. Ela mesma machucou o rosto dela? É maquiagem? NÃO. Não consigo defender o Johnny Depp, e esse argumento de "ele já foi casado mais vezes e nunca ninguém disse nada, aposto que ela quer o dinheiro dele" é falho e tem muito machismo nessa frase.

Fica aqui o texto que achei no facebook (super informativo) por Francis Ferreira:

"Winona Ryder já disse que o primeiro namorado dela era abusivo e fez com que ela se drogasse, com o próprio Tim Burton corroborando sua história.

Kate Moss, quando namorou com ele, contou de seus rompantes de fúria ébrios e de todas as vezes que ele destruiu quartos de hotel.

Vanessa Paradis foi casada com ele, e uma hora cansou de seu gênio explosivo.

Agora é Amber Heard quem pede o divórcio depois de 15 meses de casada, exibindo provas de que sofria abuso físico. Ela conseguiu até um mandado de restrição contra ele, sendo que a legislação da Califórnia é notoriamente proibitiva nesse sentido.

Tô vendo muita gente aí passando pano pro Johnny Depp só por causa de nostalgia e crush de adolescência, sem querer aceitar que o próprio ídolo bate em mulher e que não é de agora. E daí que o abuso surgiu logo no meio de uma disputa de divórcio milionária? Já parou pra pensar que o abuso é o motivo pro divórcio em primeiro lugar? Tô vendo muita dita feminista caindo na narrativa da gold digger arrasadora de lares e falhando em ouvir a mulher em primeiro lugar.

Também não venham me dizer que não tem como alguém que se veste de Jack Sparrow pra alegrar criancinhas cometer um crime do tipo. Relações Públicas existem pra isso, e o time dele é bastante competente. Não só isso, mas abusadores sabem ser carismáticos. É como eles obtêm vítimas em primeiro lugar.

Isso sem nem tocar no assunto de Johnny Depp ter casado com uma mulher 22 anos mais nova do que ele. Vamos lembrar que ele defendeu Roman Polanski."
Comentários
0 Comentários

0 3 comentários:

Postar um comentário

O blog Garota Etc é um blog que produz conteúdos originais de diferentes temas. Espiritualidade, astrologia, viagens e etc.
Aqui você terá acesso a fotos e notícias. Textos sobre a sociedade e o mundo em que vivemos. Criticas sociais e entretenimento.
Acesse o blog e fique por dentro das novidades.
Comente e divirta-se.